Lotes I Terrenos I Casas I Serra do Cipó
Portugues English Spanish Italian French Deutsch
  (31) 999739394 vivo 997738617 CRECI: MGF 0028275
          
 Lotes I Terrenos I Casas I Serra do Cipó
Aguarde, carregando... Aguarde, carregando... Imóvel:
 

 

GUIA DE TRILHAS SERRA DO CIPÓ

Descrição

 A Serra do Cipó se localiza 90 quilômetros a nordeste de Belo Horizonte, logo depois da cidadede Lagoa Santa, na região sul da Cordilheira do Espinhaço, entre os paralelos 19 e 20ºS e 43 e44ºW, no divisor de águas das bacias hidrográficas dos rios São Francisco e Doce.Após a criação do Parque Nacional e pavimentação asfáltica da Rodovia MG-10 atransformação da Serra do Cipó vem se processando rapidamente, e em resumo a região jáconta com o seguinte: dezenas de estabelecimentos comerciais; inúmeros prestadores deserviços; dezenas de hotéis e pousadas; áreas de camping estruturadas; mais de 700residências; duas centenas de propriedades rurais e sítios de recreio; população fixa superior a2.500 habitantes; escola estadual, municipal, posto de saúde, serviço de correio, cartório, 1 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 -

Trata-se de uma região bastante rica em cursos d’água, destacando-se o rio Cipó, afluente dorio das Velhas, pertencente à bacia do rio São Francisco. O rio Cipó, que é o mais importantecurso d’água da região, nasce a partir do encontro dos ribeirões Mascate e queo Bocanina.Mascate desce do cânion das Bandeirinhas enquanto o Bocaína a serra da Bocaina, ambosno interior do Parque Nacional. {webgallery height="435" width="580"}{/webgallery}

Tapete de Flores - Travessia Lapinha - Tabuleiro Para muitas pessoas a Serra do Cipó é um local místico, uma terra de cristais e discosvoadores, mas não há dúvida, em geral é a beleza e pureza das águas que atraem o maiornúmero de visitantes. Em decorrência do relevo acidentado observa-se a freqüente formaçãode cachoeiras, corredeiras e piscinas naturais, que mantêm o seu volume de água constantedurante quase todo o ano devido ao aspecto areno-rochoso do solo. Típicos também da regiãosão os cânions, gargantas sinuosas e profundas que abrigam cachoeiras e poções em seuinterior. 

Lagoa da Lapinha A presença de grande número de riachos e nascentes, ainda pouco afetados por atividadeshumanas, abre a possibilidade de se utilizar as águas da Serra do Cipó como padrão dereferência para ambientes aquáticos de ótima qualidade, equilibrados e com elevadadiversidade biológica.

Por do Sol da Serra do Cipó   Altitude Máxima: 1.687 m (Pico do Breu).   Área: 33.800 hectares (Parque Nacional).    Relevo: Montanhoso.   Carta Topográfica: .  

Atração:

. Atrações O Parque Nacional da Serra do Cipó possui mais de 60 cachoeiras, cada uma mais linda que aoutra. Durante todo o percurso você verá sempre lindas paisagens, com fauna e floraexuberantes e ficará fascinado com tamanha beleza.

CACHOEIRAS: 

  Cachoeira do Tabuleiro: A Cachoeira do Tabuleiro é umas das maravilhas da Serra do Cipó e está localizada perto do pequeno povoado de Tabuleiro, que faz parte do Município deConceição do Mato Dentro. É a cachoeira mais alta de Minas Gerais e a terceira maior doBrasil. São 273 metros de queda livre formada a partir de um paredão de beleza monumental.Na parte alta da cachoeira existem outras quedas e lagos e, na parte de baixo, existe umgrande poço ladeado por imensos blocos de pedra. A Cachoeira está situada no coração doParque Natural Municipal do Ribeirão do Campo, que protege cerca de 3.150 hectares de áreaonde se encontram raros ecossistemas raros que compõem a cadeia do Espinhaço além dascoleções hídricas da região, envolvendo todas as nascentes formadoras do ribeirão do Campo.A Cachoeira do Tabuleiro, é a mais imponente de todo Espinhaço, que com seus 273 metrosde queda d’água já ganhou muitos méritos. De acordo com o Guia Quatro Rodas, existem maisde 5.000 cachoeiras catalogadas no País, e a Cachoeira do Tabuleiro é considerada a melhorcachoeira para visitação de turistas e uma das mais belas paisagens do Brasil.A caminhada para a base, de 1h30 (3,6 km) desde a portaria do parque, atravessa camposrupestres com orquídeas e sempre-vivas. O trecho final, mais difícil, é feito no leito do rio, sobre as pedras. Como recompensa você ganha, além do visual singular, uma refrescante piscinaformada pela cachoeira. Para conhecer a queda por cima, há três caminhos. O mais usado, portrás da serra que forma o paredão, dura 3h30. Outra trilha, de apenas 20' a partir da sede, nãochega perto da atração, mas proporciona a melhor panorâmica para fotos.

Cachoeira Grande: Considerada um dos cartões postais da Serra do Cipó, seu acesso é feitopor uma estrada de terra de 2 km aproximadamente, passando por várias pousadas efazendas.A Cachoeira tem uma queda de 10 metros de altura e um paredão de pedras com gramíneasde 60 metros aproximadamente. A água, idêntica ao rio Cipó, tem uma temperatura fria e notopo da cachoeira são realizados passeios de caiaque ao longo do rio. Existe umainfra-estrutura dotada de restaurante e banheiro. A pesca no atrativo natural é permitida desdeque seja feita com anzol. Os peixes mais comuns são o Lambarí, Dourado, Traíra, dentreoutros.É cobrada uma taxa de visitação. Lá é possível realizar passeios de barcos, caiaques, locaçãode cavalos, rapel, tiroleza e bicicletas. Existe um restaurante com comida feita no fogão àlenha.  

Cachoeira da Farofa: Localizada na Serra da Bandeirinha, é um dos atrativos maisprocurados pelas pessoas que visitam o Parque Nacional da Serra do Cipó. Seu acesso é feitona parte baixa da Serra, por uma trilha plana de aproximadamente 7 Km, onde é possívelobservar o Córrego das Pedras, as ruínas de uma casa antiga, a Lagoa Comprida e o RibeirãoMascates, sem falar na grande variedade de fauna e flora da região. Seu percurso pode serrealizado a pé, a cavalo, de bicicleta ou por um Jeep, credenciado pela gerência do Parque,para auxiliar o transporte de crianças e idosos ao atrativo natural.A Cachoeira possui uma queda d'água com cerca de 80 metros de altura, em meio a umparedão de rocha quartzítica cercado de gramíneas e orquídeas que decoram bastante apaisagem local. Suas águas frias variam em quantidade conforme determinadas épocas doano. Os meses de maior volume se situam de dezembro a abril e seu nome é devido à águaque se esfarela pelas pedras formando uma profunda piscina natural. Tempo de caminhada:2h. 4 / 18

Serra do Cipó -   Cachoeira Véu da Noiva: Localizada fora dos limites do Parque Nacional da Serra do Cipó, éum dos atrativos mais conhecidos da região e se encontra dentro da propriedade da ACM. Seuacesso é feito pela rodovia MG-010, passando por dentro do distrito da Serra do Cipó.A Cachoeira possui uma queda d'água em meio a um paredão com mais de 60 metros dealtura sendo formada pelo ribeirão Soberbo, que posteriormente desagua no rio Cipó. Dotadade toda infra-estrutura para seus associados, o atrativo tem uma taxa de visitação bemsignificativa em comparação aos demais existentes na Serra do Cipó.  

Cachoeira de Baixo: Localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) Morro da Pedreiralogo abaixo da ponte sobre o rio Cipó é um dos belos atrativos naturais localizados ao longo docurso do rio Cipó. Um dos acessos é realizado pela portaria da pousada Monjolos, após umarápida caminhada pelas dependências do hotel.Com 40 metros de largura em um paredão extenso, a Cachoeira é formada por vários degraus,originando um grande número de cascatas de pequeno porte e piscinas naturais de diferentesprofundidades.  

Cachoeira da Capivara: Localizado próximo a Serra Morena, esta cachoeira é uma dasmaiores da região da Serra do Cipó. Seu acesso é feito pela MG-010, em um trecho deaproximadamente 20 km de estrada de terra, logo após a estátua do Juquinha, lendáriomorador da região. Durante o percurso é possível observar as inúmeras serras existentes naCordilheira do Espinhaço, vários cursos d'água que cruzam a estrada e a presença de váriasflores que decoram o caminho seguido pelos viajantes.O atrativo natural está inserido dentro de uma propriedade particular. São 3 quedas imensas: aúltima e mais alta de todas tem uma altura de 120 metros aproximadamente, formando umpoço de acesso íngreme. A vegetação típica é de campos rupestres, apresentando uma grandevariedade de flores campestres, orquídeas e velózias gigantes. Suas águas seguem para ascachoeiras da Serra Morena e da Usina, respectivamente. Tempo de caminhada: 1 hora.Essa cachoeira é uma das mais bonitas da região e possui duas grandes quedas e dois poçospara banho.

A Serra do cipó é um dos conjuntos naturais mais exuberantes do mundo. Suahistória geológica é complexa, com suas rochas arenosas que foram formadas por depósitosmarinhos há mais de 1.7 bilhões de anos. A diversidade da sua vegetação é altíssima com espécies exclusivas de sua região. Sua fauna é representativa e abriga espécies ameaçadasde extinção. São ao todo 100.000 hectares de cerrados, campos rupestres e matas, além derios, cachoeiras, canyons, cavernas, sítios arqueológicos preservados e muitos esportes deaventura.

 Cachoeira do Congonhas de Cima: Cachoeira localizada na parte de cima do PARNA Cipó.Localizada no alto da serra, suas águas são cristalinas, é muito usada para a prática decannyoning. É necessário ter ingresso do Parque Nacional e a presença de um monitorambiental. Tempo de caminhada: 2h 

  Cachoeira das Andorinhas: Cachoeira formada pelo Rio Parauninha. É um "point" para osamantes de canyoning. É necessário ir com um monitor ambiental.  

Cachoeira da Caverna: Trata-se de uma cachoeira de águas minerais, seu poço atinge 5metros de profundidade.   Cachoeira da Lagoa Dourada: Recebeu esta denominação devido à lagoa de mesmo nomeque se encontra próxima à cachoeira. Dependendo da época do ano, a luz solar reflete atonalidade da vegetação do seu entorno dando um tom dourado à água da Lagoa. A Cachoeirada Lagoa Dourada se encontra numa região alta do Parna Cipó e possui duas quedas de fácilacesso e uma terceira mais difícil. Durante a caminhada é possível ter uma panorâmica daregião de São José da Serra e do Capão dos Palmitos. Por ser uma lagoa selvagem o banhonão é aconselhável, ficando este restrito à cachoeira. Tempo de caminhada: 3 h.   Cachoeira das Andorinhas e do Gavião: Duas belíssimas cachoeiras.

A Cachoeira doGavião, que recebe este nome pelo desenho da serra que lembra a envergadura de um gavião.A cachoeira da Andorinha é abrigo de andorinhões. A trilha que dá acesso às cachoeirasmargeia o rio Bocaina e passa por um paredão com pinturas rupestres. Tempo de caminhada:2 horas. 6 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16   Poço do Chapéu e Cachoeira do Zé Maria: O Poço do Chapéu é um dos maiores e maisfundos da região, o que torna possível a prática de mergulho. A Cachoeira do Zé Maria possui,aproximadamente, 40 m de queda e um belíssimo poço para nadar

.Outras cachoeiras - Cachoeira do Tomé, Cachoeira da Braúna, Cachoeira do Riachinho,Cachoeira João Fernandes, Cachoeira do Tombador, Cachoeira do Caramba, Cachoeira daFarofa de Cima.

CANYONING:   Canyon das Bandeirinhas: Formado por uma abertura existente entre a Serra daBandeirinha e a Serra dos Confins o Canyon das Bandeirinhas, localizado no interior do ParqueNacional da Serra do Cipó, é uma das maiores atrações da região. Seu acesso se dá por umatrilha plana com uma distância de 12 Km aproximadamente, cujo percurso pode ser feito a pé,a cavalo ou bicicleta. Durante o caminho, idêntico ao daCachoeira da Farofa até os seis primeiros quilômetros, é possível observar a Serra da LagoaDourada, alguns cursos d'água e cachoeiras, variadas espécies de flores e uma floresta deMonjolos, popularmente conhecida como Sucupira Branca.O Canyon tem uma extensão de 6 Km formados por dois paredões cortados pelo ribeirãoBandeirinhas que guarda algumas quedas d'água, piscinas naturais e imensos blocos derochas que foram arrastadas pelas forças de uma enchente ocorrida em 1926. É bastantecomum a presença de orquídeas e ninhos de pássaros em seu interior.A 10 km da Portaria do Parque, inicia-se um percurso, num pequeno vale do Rio Mascates eBandeirinhas, por entre dois grandes paredões de rocha.

É necessário autorização do icmbio para ir até ao Canyon e de preferência um monitor ambiental acompanhado. Ingresso ão é cobrado.Tempo de caminhada: 3 horas aproximadamente. Canyon das Bandeirinhas   Cachoeira das Andorinhas: Cachoeira formada pelo Rio Parauninha. É um "point" para osamantes de canyoning.   Canyon dos Confins: 7 / 18Serra do Cipó

ESCALADA:   Morro da Pedreira ou Pedrão: Muito procurado pelas suas vias negativas e bem atléticas,muita gente desconhece que o Morro da Pedreira possui uma infinidade de vias móveis emseus 4 setores.Com 1 jogo de NUTS, 1 jogo de Friends e 1 de Exentrics é possível a ascenção de inúmerasvias, que vai de 20 m até 110 m com vários níveis de dificuldade, e algumas bem técnicas, comdiedros, chaminés, fissuras de entalamento e até tetos. Com mais de 200 vias catalogadas,este é um verdadeiro "filé" que pouca gente já provou. Algumas delas são:   Corações e Mentes - 1º Grupo - 4º Grau 35 m;   Incrível mas real - 3º Grupo - 6º Grau - 45 m;   Chaminé Mandalla - 3º Grupo - 6º Grau - 40 m;   Nostradamus - 3º Grupo - 6º Grau - 60 m;   Kama Sutra - 3º Grupo - 5º Grau - 25 m;

TREKKING:   Travessia Lapinha - Tabuleiro: Essa singular travessia de 3 dias que se inicia no Vilarejo daLapinha acabando na Vila de Tabuleiro, cruza a Serra do Espinhaço de Oeste para Leste, naregião denominada de Serra do Cipó. Nessa travessia passa-se por picos, piscinas naturais,rios de água cristalina, campos rupestres, matas, cerrado e belíssimas cachoeiras. {webgallery height="435" width="580"}{/webgallery} Travessia Lapinha - Tabuleiro   Trilha do Travessão: Um penhasco monumental que divide as bacias do Rio São Francisco eRio Doce. Durante o percurso há afloramentos rochosos que abrigam pinturas rupestres, váriasespécies de sempre vivas, campos de samambaias de altitude, algumas nascentes, umacachoeira e panorâmicas deslumbrantes. Distância: 17 Km de carro por estrada de terra e 12Km de caminhada. Tempo de caminhada: 3 h

Travessão   Trilhas dos Escravos: Localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) Morro da Pedreira, aTrilha dos Escravos é um atrativo que leva ao topo da Cachoeira Véu da Noiva e suarespectiva nascente, denominada de Mãe D'água. Sua construção, como o próprio nome diz,foi feita pelos escravos para auxiliar o transporte das riquezas minerais adquiridas na Serra doEspinhaço durante o ciclo do ouro e diamante do século XVIII.A Trilha tem aproximadamente 4 metros de largura e 600 metros de comprimento. O caminho éíngreme, com pedras unidas e cercada por uma vegetação de cerrado, de onde se tem umavista do Morro da Pedreira e da região de Cardeal Mota. 

  Estátua do Juquinha: Situa-se em uma região conhecida como Alto Palácio, foi construídanum local privilegiado, de onde se tem uma interessante visão das montanhas da região. Comtrês metros de altura, a estátua foi construída pela artista plástica Virgínia Ferreira emhomenagem ao lendário Juquinha, andarilho que percorria a região da Serra do Cipó vendendoflores para os visitantes que freqüentavam a serra.Juquinha  

Velósias Gigantes: As velósias gigantes são plantas com até 6 m de altura e crescem cercade 1 m a cada século. São consideradas fósseis vivos. Várias orquídeas, bromélias e fungosabrigam-se nos troncos das canelas de ema. No mesmo roteiro da Estátua do Juquinha.   Fervedouro: Nascente de água translúcida. Seu fundo de areia branca produz um leveborbulhamento causando um efeito visual belíssimo. Segundo os moradores locais, ao seesfregar a areia na palma da mão ela produz um som característico. 

  Poço Azul: O Poço Azul é um dos atrativos naturais mais próximo da portaria do IBAMA, naSerra do - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16Serra do Cipó, sendo por isso bastante visitado pelos turistas. Situado dentro dos limites doPARNA Cipó, seu acesso é feito por uma trilha de aproximadamente 2 Km com trechos planose acidentados, sendo bastante comum a presença de matas, capões e paredes rochosasmargeando o Córrego Gordurinhas.Sua queda de aproximadamente 6 metros de altura é cercada de árvores, pedras e raízes,formando-se uma piscina natural com uma profundidade bem diferenciada em determinadospontos. A melhor época para a visitação é nos meses de dezembro a maio, pois as chuvasnestas épocas do ano evitam que o atrativo fique completamente seco. O nome Poço Azul édevido ao reflexo do sol incidindo durante determinadas épocas do ano.   Paredão ou Pedrão: Localizado na Área de Proteção Ambiental (APA) Morro da Pedreira,logo abaixo da Cachoeira de Baixo, o Pedrão é um paredão rochoso formado pela ação daságuas do rio Cipó. Um dos seus acessos é realizado pela portaria da pousada Monjolos, ondea caminhada pelas dependências do hotel é rápida. Com uma altura aproximada de 10 metros,o atrativo é considerado um local tentador para saltos ornamentais, porém é uma atividade queoferece enormes riscos de vida, devido a altura do mesmo e a falta de conhecimento sobre aprofundidade do rio que por ali passa. 

  Nascente da Mãe d'Água: Atrativo natural composto de Matas de Galeria e CamposRupestres localizados no topo da Cachoeira Véu da Noiva, na região da Serra do Cipó. Suaságuas dão origem ao ribeirão Soberbo que posteriormente desagua no Rio Cipó, que por suavez é um afluente do rio das Velhas.O acesso à nascente é feito pela Trilha dos Escravos. Durante a extensa subida, é possívelobservar a queda da Cachoeira Véu da Noiva, o afloramento rochoso do Morro da Pedreira egrande parte do distrito de Cardeal Mota. 

  Lagoa Comprida: Localizada dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó, próximo ao rioMascates, a Lagoa Comprida é um atrativo turístico destinado apenas a apreciação. Suaextensão de um quilometro de comprimento por uma largura média de 17 metros justifica onome da lagoa, que possui até uma ilha arborizada com diversas flores. A vegetação doentorno é típica do cerrado, com paisagem complementada pela Serra da Bandeirinha e pelaCachoeira da Farofa.A fauna local é formada por garças, capivaras, pássaros e répteis. Existem relatos da presençado jacaré de papo amarelo na lagoa em determinadas épocas do ano. 

  Capão dos Palmitos: Localizado nas mediações da Serra do Lagoa Dourada, dentro doPARNA Cipó, o Capão dos Palmitos é um local reservado e interessante. Seu acesso é feitopor uma trilha bem íngreme com alguns trechos planos cuja distância total é de 8 Kmaproximadamente. No percurso é frequente a presença de flores, árvores, pássaros e insetosbem exóticos. Existem ainda alguns cursos d'água com sombra que ajudam a amenizar ocansaço da longa subida da serra, de onde se tem um visão diferenciada da parte baixa doParque e do Distrito de Cardeal Mota. 10 / 18Serra do Cipó atrativo se resume a um vale composto de algumas cachoeiras que formam poços d'águacristalinos e rasos em meio a uma enorme estrutura de rocha rodeada de várias plantas eflores com uma visão interessante da Serra da Bandeirinha. Existem algumas formações noparedão rochoso do Capão que impressionam pela sua complexidade e beleza.

   Serra Morena: Local de camping com infra estrutura de estacionamento, restaurante, bar,pousada e banheiros. É cobrada uma taxa de entrada. Possui três cachoeiras tambémconhecidas como cachoeiras do Cornélio. A última queda e uma das mais belas da região. Suaqueda livre é de cerca de 50m, formando uma piscina natural de 500 m². Há uma quartacachoeira chamada Cachoeira da Caverna. {webgallery height="435" width="580"}{/webgallery} Serra Morena  

Gruta do Gentil, Lapa da Sucupira e Cachoeira da Usina: A Gruta do Gentil é umainteressante caverna, com pinturas rupestres infelizmente bastante depredada por pixações.A Lapa da Sucupira constitui-se de um paredão com cerca de 80 m de altura. É grande onúmero de grutas junto ao paredão que possui uma das maiores concentrações de pinturasrupestres do globo. A Cachoeira da Usina recebe este nome devido à região da usinahidroelétrica fundada em 1928. A cachoeira possui três quedas muito bonitas com poçosfundos proporcionando ótimos banhos e duchas naturais.O roteiro possui infra estrutura de bar e banheiros em um lugarejo próximo à Cachoeira daUsina.  

Pico do Breu: O Pico do Breu é o mais alto da Serra do Cipó. No caminho á uma represa,localizada no povoado da Lapinha, ao pé da Serra. Há também algumas quedas d`água degrande beleza cênica e o Córrego das Pedras, próximo ao Pico, com várias corredeiras. {webgallery height="435" width="580"}{/webgallery} Caminhada para o Pico do Breu 11 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16 História Com altitudes que variam de 800 a 1.700 metros, pluviometria anual média de 700 mm e cercade 300 dias de sol por ano, foi no período pré-cambriano - há cerca de 1,7 bilhão de anos -ocupada pelo oceano, conforme se verifica por suas características geológicas, com apredominância do quartzito formado pela consolidação das areias depositadas no fundo doantigo mar.Após o Descobrimento do Brasil, constituiu-se no caminho natural dos bandeirantes que embusca de ouro e pedras preciosas embrenharam pelo nordeste mineiro e chegaram à Vila doSerro Frio e ao Arraial do Tejuco, atuais cidades do Serro e Diamantina. Ainda existemvestígios de uma estrada de pedra dessa época, construída pelos escravos, partindo do sopéda serra e chegando a um lugar chamado Mãe d’Água, por cima da Cachoeira Véu da Noiva.A sua importância histórica também se reflete na existência de sítios arqueológicos comvestígios de comunidades primitivas, como se comprova em grutas e cavernas através dedesenhos e pinturas rupestres, com idade estimada entre 2 mil e 8 mil anos. O Parque Nacional  No início dos anos 70 foi pleiteada a criação de um parque para proteger as belezas naturaisda Serra do Cipó. Após estudos da flora e fauna e elaboração de um detalhado levantamentoda área, em 1978 o parque estadual foi criado. Entretanto como o governo estadual nãopossuía recursos suficientes para promover as desapropriações, os conservacionistas mineiroscom o apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência reivindicaram a transferênciada área para o governo federal. A partir daí o antigo Instituto Brasileiro de DesenvolvimentoFlorestal (IBDF) conseguiu adquirir amigavelmente dos proprietários mais de 40% das terras,sendo que no dia 25 de setembro de 1984 foi publicado o Decreto nº 90.223 criando o ParqueNacional da Serra do Cipó.Situado na serra do Espinhaço o Parque possui uma área de 33.800 hectares que correspondeà superfície total da cidade de Belo Horizonte, envolve terras dos municípios de Jaboticatubas,Santana do Riacho, Morro do Pilar e Itambé do Mato Dentro, e é administrado pelo InstitutoBrasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).Visando dar uma maior proteção aos ecossistemas da região, dia 26 de janeiro de 1990 ogoverno federal através do Decreto nº 98.891 criou a área de proteção ambiental denominadaAPA Morro da Pedreira, que circunda todo o Parque e envolve uma superfície de 66.200hectares. 12 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16A região do Parque caracteriza-se por altitudes significativas, em geral variando entre 900 e1.600 metros, sendo que alcança na Serra da Mutuca, extremo sudeste do Parque, 1697metros. Este relevo acidentado dá origem a cachoeiras e corredeiras de grande beleza visual,a exemplo das cachoeiras da Farofa e da Braúna e o cânion dos Confins. Em locais detopografia propícia e drenada por muitos córregos a flora aquática também é muito rica emvariedades. O clima na serra é do tipo tropical de altitude com verões frescos e estação secabem definida, sendo que as temperaturas médias oscilam entre 17 e 19ºC.A topografia e a variação do clima nas diversas altitudes do Parque deram origem aosseguintes principais tipos de vegetação:I) Matas de Galeria - localizada no fundo dos vales úmidos e ao longo dos cursos d’água,constituída de vegetação mais desenvolvida e frondosa, sendo suas principais espécies opau-pombo, a copaíba, o limãozinho, as quaresmeiras, os crótons e as samambaiaçus;II) Campos Rupestres - são campos limpos caracterizados por gramíneas diversas e tufos devegetação arbustiva, estes constituídos principalmente por canelas-de-ema (velósias gigantes),sempre-vivas, bromélias e cactos, além de inúmeras espécies de orquídeas. Em geral eles sesituam em altitudes superiores a 900 metros, onde normalmente não encontramos poeira, daí ocolorido de suas pedras só é alterado pela presença abundante de liquens das mais variadasformas e cores, geralmente emoldurados por flores de grande beleza. Neles o clima é adversoe atinge temperaturas extremas, muito elevada no verão e no inverno às vezes inferior a 0ºC;III) Campos Cerrados - junto aos campos rupestres, em condições semelhantes de altitude eclima, mas outras condições de solo, encontram-se manchas de cerrados facilmenteidentificáveis pelas árvores baixas e tortuosas e pela presença de espécies típicas como omurici, o pau-terra, a quaresmeiras e os ipês. Neles são muitas as gramíneas, e podemtambém ser observadas sempre-vivas. Flora e Fauna Desde o século passado a Serra do Cipó vem sendo observada com muito interesse pordiversos estudiosos. Cientistas famosos como o naturalista francês August de Saint-Hilaire, obotânico alemão Carl Friedrich Phillip von Martius e o naturalista inglês George Gardnerficaram impressionados, por exemplo, com os campos rupestres. Os brasileiros Ailton Joly eNanuza Menezes dedicaram boa parte de seus estudos e pesquisas à vegetação local. Opaisagista Roberto Burle Marx dizia que começou a entender mais as plantas quando passou aacompanhar o botânico mineiro H. L. Mello Barreto em suas visitas a Serra do Cipó, e sempreque retornava para buscar inspirações dizia-se cada vez mais fascinado. Segundo os botânicosas 1.600 espécies já catalogadas atualmente não devem representar nem a metade do quedeve existir na região, e se tem notícia de que mais de trinta dessas espécies estão sendoobjeto de pesquisa em laboratórios do país e do exterior. 13 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16 {webgallery height="772" width="580"}{/webgallery} Sempre VivaNa parte baixa da serra predomina a vegetação de cerrado, enquanto na região mais alta sãoencontrados principalmente os campos rupestres, de elevadíssima diversidade florística e ondealguns cientistas consideram que se concentra uma das mais ricas comunidades vegetais domundo, inclusive com numerosas plantas endêmicas, ou seja, que só existem lá.Dentre as plantas destaca-se a ocorrência das sempre-vivas (família das Eriocaulaceae) cujasflores secas, pelo fato de não murcharem nem perderem a cor, são muito utilizadas emornamentação. Bastante freqüentes são as curiosas canelas-de-ema gigantes (Velloziagigantea), que podem atingir até seis metros de altura e um metro de circunferência na base dotronco. São encontradas também orquídeas de várias espécies, bromélias, margaridas, cactos,ipês e quaresmeiras, além de fascinantes liquens coloridos que brotam sobre as pedras. Enfim,a multiplicidade de espécies vegetais é tão grande que a região encontra-se permanentementeflorida durante todas as estações do ano, sendo considerada um verdadeiro laboratório a céuaberto, um paraíso para os botânicos. {webgallery height="435" width="580"}{/webgallery} FloresPara assegurar a perpetuação das espécies, as flores que cobrem os campos utilizam variadasestratégias e curiosos mecanismos de polinização. As que são polinizadas por abelhas exibemem geral flores amarelas ou azuis, com pigmentos que refletem a luz ultravioleta. Como osinsetos conseguem enxergar esse espectro de luz aos seus olhos as plantas brilham, assim,dependendo da distribuição dos pigmentos, as flores passam a ser vistas nos campos da serra 14 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16como autênticas rodovias de néctar, o alimento que o vegetal oferece ao polinizador comoforma de recompensa. Quando são polinizadas por borboletas as flores são perfumadas erefletem a luz ultravioleta, já a dos pássaros não possuem perfumes tampouco refletem a luzultravioleta visto que eles não podem percebê-los. Para atrair os morcegos elas exibem coresbrancas e oferecem grande quantidade de néctar.São também fascinantes os recursos utilizados pelas plantas para sobreviver na serra. Paraeconomizar água, por exemplo, espécies como os cactos e as orquídeas tornam-se carnosas.Com isso, durante a noite elas fixam nas folhas o CO2 atmosférico, vital para as plantasclorofiladas e indispensável para a fotossíntese. Assim, durante o período diurno quando afotossíntese será realizada elas já possuem armazenado o suprimento de gás necessário,ficando dispensadas de abrir pequenos poros da folha para coletá-los, processo esse quecertamente as obrigaria a perder parte da água que lhes assegura a vida.A fauna da serra é bastante rica, sendo encontradas dezenas de espécies de mamíferos,anfíbios e aves. Destaca-se a paca, o tatu, o tamanduá-mirim, a jaguatirica, o veado, omacaco, a lontra, o lobo-guará e a capivara. Dentre as aves são vistos com freqüência gaviões,codornas, perdizes, azulões, sabiás, pica-paus, tucanos, pintassilgos e beija-flores. Obeija-flor-de-gravata-verde (Augastes scutatus) e o pássaro Cipó Canesteros, ambosendêmicos da serra, despertam grande interesse em ornitólogos de várias partes do mundo, evale lembrar que por garantir a reprodução das plantas o beija-flor é essencial para o ciclo debiodiversidade. Quanto aos peixes, além das variedades mais comuns, merece destaque apresença abundante da Pirapetinga, conhecida como a Truta brasileira. Essa espécieapresenta um elevado nível de exigência ambiental, habitando exclusivamente águas com altosteores de oxigênio dissolvido. Clima O clima da região é tropical de altitude, com temperatura média anual de 21°C. De abril anovembro, período seco, é o melhor período para cruzar os rios, tomar banhos e praticar rapel.No restante do ano, chove mais, porém as cachoeiras ficam mais cheias e a vegetação, maisflorida.

 Localização A Serra do Cipó está localizada no estado de Minas Gerais, à apenas 100 Km da capitalmineira. O  principal acesso é através da Rodovia MG-10, passando por Lagoa Santa eAlmeida. 15 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16

 Como Chegar O acesso de automóvel é feito através da Rodovia MG-10 em pouco mais de uma hora, sendoque a partir do terminal rodoviário de Belo Horizonte todos os dias há vários horários de ônibus.Para quem chega por via aérea também é fácil, em razão da proximidade do AeroportoInternacional de Confins distante apenas 50 quilômetros. 

Quando Ir A região fica florida o ano inteiro, mas de maio a agosto a temperatura é mais agradável. Entreabril e novembro, período de seca, os banhos e o rapel nas cachoeiras tornam-se mais fáceis.De dezembro a março, com as chuvas frequentes, as cachoeiras ganham mais volume.

 Distância da Capitais    Belo Horizonte: 96 km   Rio de Janeiro: 540 Km    São Paulo: 682 Km   Brasília: 814 Km   Diamantina: 248 Km   Lagoa Santa: 60 Km   Jaboticatubas: 47 Km   Serro: 143 Km   Sete Lagoas: 100 Km

 Acampamento    Pousada Camping Grande Pedreira: Possui uma área com toda a infra estrutura necessáriapara camping (Camping da Zulma), comportando 150 barracas ou 300 pessoas.O camping tem vista panorâmica para a Cachoeira Véu da Noiva. Existem churrasqueiras paracampistas, chuveiros quentes, sanitários, lava pratos, quiosque, fogueiródromo, bebedouros elava roupas, além de duchas naturais externas. Possui ainda rondas diurnos e noturnos paramaior segurança do campista. É totalmente gramado e arborizado. 16 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16Tel: 3718-7007 / 3718-7067 / 9901-6852   Camping Serra Morena: Tel: 3486-1421 / 9977-1421   Camping Véu da Noiva / ACM: Tel: 3718-7161 / 3274-2749 Horário do Parque O horário de funcionamento do Parque Nacional da Serra do Cipó é das 8:00 às 17:00 hs,salvo os dias em que estiver chovendo, quando o parque é fechado aos turistas por motivos desegurança. Endereços    Endereço de visitação: Bairro Areias, Jaboticatubas - MG, Acesso pelo Hotel Cipó Veraneio,Rodovia MG-10, Km 94   Endereço postal: Rodovia MG-10, Km 97 - Distrito de Serra do Cipó, Santana do Riacho -MG - CEP: 35.847-000 - Telefax: 0xx 31 3718-7228 Galeria de Fotos 2006-01 - Travessia Lapinha x Tabuleiro2007-04 - Cachoeira Capivara2007-04 - Cachoeira da Farofa e Cânion Bandeirinhas2007-04 - Travessão Dicas    Não esqueça de levar um bom filtro solar, mesmo quando o tempo estiver encoberto. Tempo  17 / 18Serra do CipóEscrito por hugoSáb, 13 de Março de 2010 16:26 - Última atualização Sex, 22 de Julho de 2011 11:16..: Clube do Aventureiros :..www.clubedosaventureiros.coM

 
   
 Negócios Imobiliários na Serra do Cipó - (31) 99739394 (oi)
  Cipo Corretores - Negócios Imobiliários
CRECI: MGF 0028275
Rua do Engenho 482, Serra do Cipó, Santa do Riacho-MG - 35847-000
(31) 999739394 vivo 997738617
 
Site visto por 151168 pessoas

CSS válido!

Todos os Direitos Reservados | Locação Sites Web LSW Locação Sites Web. Um novo conceito em locação de sites para web...